Roupeiro organizado e funcional

É daquelas pessoas que demora imenso tempo de manhã a escolher o que vai vestir? Ou nunca encontra o que precisa, porque a roupa se vai amontoando no guarda-roupa? Qualquer que seja o seu caso, pode encontrar tudo o que precisa, para ter um roupeiro mais organizado e funcional, se seguir as dicas que sugerimos neste artigo.

 

É muito importante fazer uma limpeza geral ao roupeiro, pelo menos duas vezes por ano, para evitar maus odores, ácaros, etc. Aproveite e ganhe coragem para se desfazer do que já não usa, sem sentimentalismos.

 

Adeus ao velho, olá ao novo

Uma revisão geral ao armário permite perceber as peças que já não usa e que estão apenas a ocupar espaço. Primeiro tire tudo para fora e limpe. Depois, separe o que não usa, não lhe serve ou está desgastado. As peças que estiverem em boas condições pode doar a uma instituição de solidariedade, pois há sempre quem precise; pode optar por vender em segunda mão numa feira ou loja; ou ainda aproveitar o pretexto para reunir algumas amigas e fazer uma troca de peças que já não usam.

Com este exercício, torna o seu guarda-roupa mais arrumado e prático, facilitando a tarefa de escolher a roupa todos os dias.

Outro aspecto positivo é que pode sempre aproveitar os saldos e substituir uma ou outra peça, ou comprar aquela com que sempre sonhou. A regra é retirar uma peça do armário sempre que comprar uma nova, assim nunca terá excedente.

Se puder, renove o seu stock de roupa e recomece do zero. É possível renovar o seu roupeiro com um baixo orçamento – principalmente na altura dos saldos e com muito controlo nos gastos (fazendo uma lista com o essencial e deixando o resto para mais tarde).

 

 

Dicas criativas para maximizar a arrumação do seu roupeiro:

Dividir as peças por categoria (camisolas, vestidos, saias, calções, t-shirts e casacos): contribui para uma melhor organização, ajudando muito na hora da escolha;

 

Arranjar sistemas de arrumação, tais como gavetas e caixas para pôr pôr bijuteria, cintos, lenços, luvas, chapéus;

– Colocar ganchos no interior das portas para pendurar colares, lenços, malas;

– Usar separadores instalados no varão ou prateleiras adicionais para sapatos, camisolas, etc;

– Comprar cabides com várias divisões (cinco calças no mesmo, por exemplo);

– Os separadores de gaveta são óptimos recursos para lingerie;

 

– Para os sapatos, há caixas e módulos (podem ser colocados na parte mais baixa do roupeiro ou na parte de cima do guarda-roupa) – assim estão sempre arrumados e livres de pó;

Um roupeiro ainda mais funcional:

– O que usa com mais frequência deve ser posto  à frente ou ao nível dos olhos;

– A roupa da estação passada (ou peças mais formais) deve ficar arrumada na ponta ou na parte de cima do roupeiro, ou se tiver outro, tanto melhor, e deve ser guardada limpa e bem acondicionada (em sacos de plástico e/ou capas);

– Colocar etiquetas nas caixas ajuda a identificar de imediato o seu conteúdo;

– Ter sempre dois cabides vazios no armário, para pendurar o que for novo ou o que já foi usado, sendo que as roupas usadas devem respirar primeiro pois o corpo sua e pode causar manchas de bolor.

Seja criativo. Pode aplicar os mesmos princípios ao quarto ou a outras divisões da casa, ou ainda a produtos de beleza e maquilhagem, que às tantas se começam a acumular.

Artigo: dicascaseiras.com

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *